NOSSO BLOG

Como melhorar os serviços em sua retífica

O Brasil possui uma grande frota de carros. No estado de Santa Catarina, por exemplo, temos a maior frota por habitante no Brasil: 1 carro para cada 1,4 habitantes. Se analisarmos também que a produção e venda de automóveis teve forte queda nos últimos meses, concluímos que os brasileiros estão ficando mais com seus carros, evitando a compra de um novo. Com isso as oficinas podem ganhar com a manutenção, principalmente uma retífica de motores.

Então, se você já tem uma oficina e quer incluir mais este serviço, ou se quer entrar agora nesse negócio, nós vamos trazer ótimas dicas para você ter sucesso com sua retífica e conquistar cada vez mais clientes!

O que é e como funciona uma retífica de motores

Os motores atuais duram em torno de 120 a 150 mil quilômetros, se forem utilizados de forma correta, nos perímetros urbanos e obedecendo as revisões periódicas que constam no manual do veículo. Quando chegam próximo a esta quilometragem é altamente recomendável a realização do reparo, visto que o motor pode sofrer queda de desempenho e até levar ao desgaste de outros componentes. O procedimento visa remontar o motor para estabelecer suas condições originais e faze-lo operar de moto semelhante a quando foi projetado.

Uma retífica pode atender tanto veículos pequenos, movidos a álcool e gasolina, quanto maiores, movidos a diesel. No entanto, é altamente recomendável que sua oficina se especialize em uma delas, caso esteja iniciando na área e não tenha funcionários e as ferramentas suficientes.


Os princípios que você deve pautar sua oficina

Segundo o CONAREM - Conselho Nacional de Retíficas de Motores, sua oficina deve se pautar nos seguintes princípios:

Atender garantindo a plena satisfação do cliente;

Manter um responsável técnico pelo atendimento;

Atender com presteza, mesmo não tendo prestado originariamente o serviço, agindo com habilidade junto ao cliente;

Instruir devida e claramente quanto ao uso correto do motor;

Aplicar peças de comprovada qualidade;

Manter e zelar pelo alto padrão de qualidade dos serviços;

Emitir parecer técnico e o devido orçamento para conserto;

Executar as operações de acordo com a Norma ABNT 13032.


O que sua oficina vai precisar

O procedimento de retífica exige a utilização de máquinas especiais para conseguir a precisão necessária e envolve todos os objetos contidos no motor como as bielas, o cabeçote, as válvulas de admissão e escape, entre outros.

Para isso, alguns destes equipamentos serão necessários: Retificadora de cilindros, retificadora de virabrequim, retificadora de superfície plana, retificadora de bielas, retificadoras de válvulas, retificadora de capa de mancal, retificadora de sedes, torno mecânico, prensa hidráulica, furadeira, macacos, kit de ferramentas, equipamentos de escritório e muito mais.

Também é importante uma atenção especial ao descarte de óleo, graxas, componentes eletroeletrônicos, peças de aço, cavacos de usinagem, plástico, cobre, alumínio, cortiça, borracha, ácidos, gases, estopas e outros materiais resultantes do processo de retífica de motores. Atenção especial deve ser dispensada, também, à destinação da água utilizada na limpeza de máquinas, peças e da própria oficina. Cada resíduo deverá ter tratamento específico e ambientalmente correto, evitando contaminações do solo, das águas e do ar.