NOSSO BLOG

Como evitar uma fratura de colarinho ao aplicar uma camisa de cilindro seca

Saiba como evitar essa situação:

Peça fundamental para o motor, a camisa de cilindro faz a vedação da câmara de combustão no bloco do motor, assim protegendo termicamente todo o bloco, mantendo a integridade e aumentando a vida útil dele. Ela também direciona o movimento direto junto com o pistão, ajudando a dissipar a alta temperatura causada pelos atritos no cabeçote.


Existem dois tipos de camisa, a seca e a molhada. A camisa molhada tem contato direto com o líquido de arrefecimento do motor, já a camisa seca tem contato direto com o bloco, absorvendo o calor, conduzindo ele pelo bloco e por sua vez para o fluído de arrefecimento. 


Uma das partes importantes da camisa seca é o colarinho, pois ele garante que a camisa fique no lugar correto e não entre em colapso, pois se o colarinho soltar, o pistão vai puxar a camisa para baixo e o virabrequim vai “moendo” a peça, até destruir ela por completo.


Para evitar uma fratura de colarinho, ela deve ter um encaixe perfeito com o bloco, sem falhas entre os dois. Materiais como pedaços de estopa, cavacos e outros itens vão fazer uma alavanca no colarinho, fazendo uma tensão que na hora de torquear a camisa, trincará o colarinho, fazendo ele se soltar durante o funcionamento do motor.


Na hora de encaixar o colarinho, o recomendado é utilizar uma prensa, que aplicará uma força igual em toda a peça durante a aplicação. Utilizar martelo ou marreta pode trincar ou danificar a camisa e seus componentes.