NOSSO BLOG

Indústria de Autopeças Cresce 23,8%

O faturamento dos produtores de autopeças, sem ajuste sazonal, atingiu números superiores a igual período de 2017. O último balanço...

O faturamento dos produtores de autopeças, sem ajuste sazonal, atingiu números superiores a igual período de 2017. O último balanço divulgado pelo Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), em maio, referente ao primeiro trimestre, apontou crescimento de 23,8% em comparação ao ano passado – melhor resultado nominal desde 2010. Em termos reais, no entanto, o faturamento do primeiro trimestre se coloca na sexta posição, superando apenas os resultados dos primeiros trimestres de 2015, 2016 e 2017.

A variação do faturamento nominal no trimestre atingiu dois dígitos em todos os canais de comercialização. Para as montadoras, as vendas acumularam alta de 24,2%, enquanto nas exportações subiram 34,0%, mensuradas em reais, e 29,8% em dólares. A recente crise cambial na Argentina afetará os números do setor a partir de maio, por causa do impacto que trará para as exportações. Por sua vez, se a desvalorização do Real perdurar, oferecerá estímulos adicionais às exportações de autopeças brasileiras, principalmente, para América Latina, Estados Unidos e Europa. Quando o foco é o mercado de reposição, o crescimento das vendas foi de 14,7% em comparação a igual período de 2017 e as operações entre empresas do setor atingiu 10,9%.